Português do Brasil English

Notícias

04/12/2018
O Mercado hoje: Dólar opera em queda com exterior e nova atuação do BC
por G1

O dólar opera em queda nesta terça-feira (4), sob influência do mercado internacional diante da preocupação com a economia norte-americana e os temores da guerra comercial mesmo depois da trégua entre Estados Unidos e China, e ainda sob influência de mais um leilão de linha anunciado pelo Banco Central, de acordo com a Reuters.

Às 10h13, a moeda norte-americana caía 0,39%, vendida a R$ 3,8259. Veja mais cotações.

O fortalecimento do real segue o movimento de outras moedas de mercados emergentes, que registravam ganhos contra o dólar mais fraco, à medida que os rendimentos dos Treasuries (títulos da dívida pública dos EUA) caíam.

De acordo com a Reuters, a queda nos rendimentos dos Treasuries decorrente de uma possível pausa no ciclo de elevação da taxa de juros do Federal Reserve (BC dos EUA) e uma inversão na curva de juros dos EUA pela primeira vez em mais de uma década provocavam preocupações sobre uma possível recessão.

O aumento dos custos de empréstimos dos Estados Unidos reduziu a atratividade dos ativos de mercados emergentes mais arriscados mais cedo neste ano, levando a fluxos de saída de capital de muitos países em desenvolvimento, mas uma posição "dovish" do Fed no mês passado impulsionou as moedas e ações dos mercados emergentes para máximas de 2018 em novembro.

Atuação do BC

O Banco Central anunciou que fará nesta terça-feira mais um leilão de linha --venda com compromisso de recompra-- com oferta de até US$ 1 bilhão, com o objetivo de dar liquidez ao mercado. No final de novembro, a autoridade já havia injetado US$ 3 bilhões em novos leilões de linha, além de ter rolado todo o vencimento de US$ 1,250 bilhão que venciam neste dia 4.

A autoridade também realiza nesta sessão leilão de até 13,83 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de janeiro, no total de YS$ 10,373 bilhões.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la nas próximas três semanas, como previu o BC em nota, terá feito a rolagem integral.

No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,44%, vendida a R$ 3,8413.

Via G1

Contato